Amunam leva roda de leitura para praças

De posse de livros com histórias infantis, meninos e meninas se revezam contando histórias e dando muita gargalhada à sombra de árvores.

Adolescentes da Amunam levam solidariedade

crianças e adolescentes do Projeto Dando a Volta por Cima da Associação das Mulheres de Nazaré da Mata visitaram o Abrigo Domingos de Azevedo Irmã Guerra.

Coração Nazareno realiza show em festival

O Maracatu Coração Nazareno, idealizado e organizado pela Associação das Mulheres de Nazaré da Mata, abriu o Festival Camará, em Camaragibe.

Grupos da Amunam se apresenta em polo junino

A Quadrilha Junina, composta por crianças e adolescentes do Projeto Dando a Volta por Cima abriu a festa no polo Circo do Forró, mostrando a todo o público presente todas as suas cores, animação e desenvoltura.

.

.

Ano letivo poderá ter menos de 200 dias


As escolas da educação básica e as instituições de ensino superior poderão distribuir a carga horária em um período diferente aos 200 dias letivos previstos em lei. O governo federal tomou a medida por conta da pandemia do novo coronavírus. A situação é excepcional e valerá enquanto durar a situação de emergência da saúde pública.

A autorização consta na Medida Provisória 934, assinada pelo presidente Jair Bolsonaro e pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, e publicada em edição extra desta quarta-feira, 1º de abril, do Diário Oficial da União (DOU).

Para a educação básica, isso significa que as 800 horas da educação infantil, do ensino fundamental e do ensino médio poderão ser distribuídas em um período diferente aos 200 dias letivos. A carga horária é definida pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação.

“Essa flexibilização é autorizativa em caráter excepcional e vale tão e somente em função das medidas para enfrentamento da emergência na saúde pública decretadas pelo Congresso Nacional”, observou o secretário de Educação Básica do Ministério da Educação (MEC), Janio Macedo. “A flexibilização deverá observar as normas dos respectivos sistemas de ensino”, explicou.

A educação superior também conta com 200 dias letivos obrigatórios previstos na lei. A carga horária se aplica de acordo com as diretrizes curriculares dos cursos. A flexibilização deverá seguir as normas dos respectivos sistemas de ensino.

“A principal mudança é para alguns cursos da área de Saúde, que poderão ter a conclusão antecipada. No caso de Medicina, pode haver abreviação do internato. Para Enfermagem, Farmácia e Fisioterapia, do estágio curricular obrigatório”, disse o secretário de Educação Superior do MEC, Wagner Vilas Boas de Souza.

As instituições de educação superior poderão antecipar a conclusão do curso dos estudantes que tiverem cumprido 75% do internato em Medicina. Para Enfermagem, Farmácia e Fisioterapia, no caso dos alunos que já passaram por 75% do estágio curricular obrigatório.

O internato é praticado nos últimos dois anos de curso; o estágio curricular obrigatório, no último.

Fonte: Voz do Planalto

Secretaria do Trabalho inscreve para 2,5 mil vagas em cursos gratuitos a distância

Em meio ao isolamento social causado pelo novo coronavírus, cursos profissionalizantes gratuitos, na modalidade de educação à distância, foram disponibilizados pela Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco. Ao todo, são oferecidas 2,5 mil vagas. As inscrições estão abertas até a terça-feira (7) e devem ser feitas pela internet ( https://ead.seteq.pe.gov.br/ .


Os cursos oferecidos são de introdução à web design, edição e processamento de imagens, informática básica, técnicas de vendas e técnicas de atendimento ao público.
As aulas ficam disponíveis a partir de quarta-feira (8). A plataforma oferece cursos de aperfeiçoamento de carga horária de até 100 horas para quem deseja se qualificar.

São disponibilizadas 500 vagas para cada curso, com emissão de certificado para os alunos que cumprirem a carga horário e os exercícios propostos.

Confira o conteúdo programático de cada curso

Introdução a web design (100 horas) - fundamentos de web design e HTML5, formatação de site usando técnicas avançadas em HTML5, formatação de site com recursos multimídia e planejamento de layouts com CSS.

Edição e processamento de imagens (60 horas) - principais formatos de armazenamento de imagens para web, formatação de imagens para utilização na internet ou em aplicativos de editoração de textos ou apresentações, além de técnicas de edição e montagem de layouts para web com base em imagens.

Técnicas de vendas (80 horas) - conceitos de venda de produto e serviço, conhecimento das fases da venda, desenvolvimento de técnicas de atendimento ao cliente e boas práticas de pós-vendas.

Informática básica (60 horas) - interação com o computador através de um sistema operacional, utilização de recursos básicos de ferramentas de planilha eletrônica, navegadores para web e programas de gerenciamento de mensagens de e-mail.

Técnicas de Atendimento ao Público (40 horas) - desenvolvimento da proatividade no atendimento ao cliente, esclarecimento e direcionamento aos clientes nas dúvidas quanto aos serviços e produtos oferecidos pela empresa.

Outros cursos  
                    
O Instituto Euvaldo Lodi (IEL-PE) e o Serviço Social da Indústria (Sesi-PE) também oferecem cursos online e gratuitos durante o período de isolamento social por causa da pandemia do novo coronavírus . Entre as oportunidades, que podem ser trabalhadas de casa, estão cursos nas áreas de comunicação, gestão, tecnologia, entre outros.

No IEL-PE, as inscrições devem ser feitas no site do instituto, sem limite de vagas. No Sesi, as inscrições vão até o dia 15 de abril deste ano e devem ser feitas no site da instituição.

Fonte: G1PE

Sobe para três número de mortes de pacientes com novo coronavírus em Pernambuco

Subiu para três o número de pessoas mortas com Covid-19, doença transmitida pelo novo coronavírus, em Pernambuco, nesta quinta-feira (26), segundo a Secretaria Estadual de Saúde . A morte de um homem de 85 anos, na quarta (25), foi considerada a primeira no estado de um paciente com a doença.


As duas mortes mais recentes aconteceram na madrugada desta quinta (26). As vítimas são um morador do Recife, de 69 anos, e o canadense de 79 anos, que chegou a Pernambuco em 12 de março, no navio Silver Shadow.

O turista foi socorrido com sintomas da doença no mesmo dia e foi levado a um hospital particular do Recife, onde houve confirmação de que ele foi infectado pelo novo coronavírus. Ele foi retirado da embarcação junto com a esposa. Num primeiro momento, ela não apresentava sintomas da doença, mas foi diagnosticada com Covid-19 dias depois.

O canadense estava internado em uma unidade privada de saúde e foi mantido em ventilação mecânica e hemodiálise. Ele também estava fazendo também uso de medicamentos, de acordo com a SES.

Devido à presença do homem na embarcação, o navio ficou isolado no Porto do Recife com cerca de 600 pessoas, entre passageiros e tripulantes. De acordo com um turista francês que estava a bordo, a temperatura das pessoas do navio era checada todas as noites.

Já o morador do Recife, segundo a secretaria, era hipertenso e tinha histórico de viagem para Portugal e Itália. Ele voltou a Pernambuco no dia 10 de março e, no dia 12 do mesmo mês, ele foi atendido em uma unidade privada de saúde apresentando febre e "alteração na ausculta pulmonar", de acordo com a secretaria. Depois de coleta de material, ele foi liberado para isolamento domiciliar.

Na quinta (19), o paciente buscou outra emergência da rede privada com insuficiência respiratória. Na ocasião, ele foi entubado e levado à Unidade de Terapia Intensiva (UTI). De acordo com a secretaria, a diálise foi iniciada no sábado (21) e, na segunda (23), ele não apresentava febre. Na quarta (25), houve uma piora da função renal.

Pacientes em Pernambuco
Até a tarde da quarta (25), o governo estadual contabilizou 46 pessoas que tiveram resultado positivo para a Covid-19. Desse total, foram contabilizadas cinco curas clínicas. Entre elas, está a da advogada Renata Berenguer, de 30 anos. O número de casos em investigação não foi divulgado na ocasião.

Cruzeiro
Após ficar retido no Porto do Recife por duas semanas, o navio Silver Shadow teve a saída autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) nesta quinta-feira (26). A liberação foi comunicada à Capitania dos Portos e ao Porto do Recife para que a embarcação possa seguir viagem.

Ao todo, havia 609 pessoas no navio, entre passageiros e tripulantes. Todos os passageiros foram retirados da embarcação até o domingo (22). Os dois únicos casos da doença na embarcação foram o turista canadense, que faleceu nesta quinta (26), e a esposa dele.

Fonte: G1PE

Justiça determina fornecimento de água em Pernambuco mesmo sem pagamento de conta

A Justiça de Pernambuco determinou, nesta quarta (25), que a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) não suspenda nem interrompa o serviço de abastecimento de água a todas as unidades consumidoras de Pernambuco, independentemente do pagamento de contas. A determinação vale durante o isolamento social devido à Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.


A decisão foi tomada a partir de uma ação civil da Defensoria Pública. No texto, a juíza Karina Albuquerque Aragão de Amorim, da 33ª Vara Cível da Capital do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), também determina que o fornecimento de água seja restabelecido em 24 horas por localidades que sofreram corte por inadimplência, mesmo antes do decreto estadual que determina isolamento social.

A retomada do fornecimento de água deve ser por meio do sistema habitual. Nos casos em que isso não é possível, o abastecimento deve ser feito através de caminhões-pipa.

Em caso de descumprimento, a multa diária é de R$ 10 mil. O dinheiro deve ser revertido para o Fundo Estadual do Consumidor. Passado o período de isolamento, a Justiça autoriza a Compesa a suspender o fornecimento de água aos usuários que não pagarem as contas no prazo de 30 dias.

A irregularidade do abastecimento de água foi denunciada por moradores de diversas cidades do Grande Recife desde a chegada da pandemia do novo coronavírus a Pernambuco. Sem água nas torneiras, eles questionaram como seria possível seguir recomendações de reforço na higienização das mãos.

Em nota, a Compesa disse que não foi notificada judicialmente sobre essa decisão e que adotou diversas medidas de combate ao coronavírus.

"Como anunciado, a companhia reforça que isentou de pagamento da conta de água 120 mil usuários enquadrados na tarifa social, um benefício para as famílias que possuem um contracheque mensal de até um salário mínimo e cuja residência apresente média de consumo de água de até 10m³ e de energia elétrica, no limite de até 80kWh", afirmou no texto.

Energia elétrica
Na segunda-feira (23), o TJPE proibiu o corte de energia elétrica de consumidores residenciais durante o período de isolamento imposto pelas normas de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus em Pernambuco. Ainda segundo a decisão da 3ª Vara Cível do Recife, as pessoas que ficaram sem luz por causa de falta de pagamento devem ter o serviço restabelecido em todo o estado.

Coronavírus em Pernambuco
Até o início da noite da terça (24), o estado registrou 42 casos de coronavírus. O número é o mesmo do boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde na segunda (23). Houve, ainda, registro de cinco pessoas que apresentaram quadro clínico de cura da Covid-19 em Pernambuco.

Fonte: G1PE

Coronavírus: decreto determina suspensão de aulas em todas as instituições de ensino de PE

A partir da quarta-feira (18), todas as escolas, universidades e demais estabelecimentos de ensino das redes pública e privada devem suspender o funcionamento. A determinação foi publicada no Diário Oficial desta terça-feira (17) pelo governo de Pernambuco e é motivada pela chegada do coronavírus em diferentes regiões do estado.


A medida foi publicada após a confirmação de 18 casos de Covid-19, doença provocada pelo coronavírus, em Pernambuco, feita na segunda (16). Além do Recife, também foram confirmados casos nas cidades de Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana, e Belo Jardim, no Agreste.

O anúncio de suspensão de atividades de oito instituições públicas e privadas de ensino superior já havia sido feito no domingo (15). A suspensão das aulas nas escolas das redes públicas e privada do estado, por sua vez, foi anunciada na segunda (16) e é válida a partir da quarta (18).

De acordo com o presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), José Patriota, as redes municipais de ensino de todo o estado suspendem as aulas a partir da quarta (18), seguindo a determinação estadual.

"A partir de amanhã, não vamos mais ter aula, estão suspensas em todas as regiões. Houve uma primeira ponderação, mas essa é a decisão mais acertada", disse.

No Recife, a prefeitura garantiu kits de alimentação para fornecer merenda aos alunos mesmo com a suspensão das aulas. De acordo com o presidente da Amupe, a medida deve ser adotada pelos municípios com condições financeiras de bancarem a alimentação dos estudantes.

"Os dias letivos depois devem ser repostos e, naturalmente, não vai poder faltar merenda. Então, os municípios de maior porte podem adiantar essa possibilidade de fazer o kit para entregar aos pais para garantir a alimentação das crianças", afirmou Patriota.

Fonte: G1PE

Novo coronavírus: governo antecipa pagamento do 13º para aposentados

O Ministério da Economia anunciou nesta quinta-feira (12) a adoção de providências para minimizar os impactos da pandemia do novo coronavírus para a população.


Entre as medidas anunciadas, está a antecipação, para abril, do pagamento de R$ 23 bilhões referentes à parcela de 50% do 13º salário aos aposentados e pensionistas do Instituto Nacional da Seguridade Social (INSS). A pasta também anunciou a suspensão, pelo período de 120 dias, da realização de prova de vida dos beneficiários do INSS.

Essas são as primeiras decisões tomadas pelo grupo de monitoramento dos impactos econômicos da pandemia de Covid-19, que se reuniu ao longo do dia. O colegiado foi instituído pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, com o objetivo de acompanhar a conjuntura e propor medidas para mitigar os efeitos econômicos do avanço da infecção no país.

O grupo é constituído por representantes de todas as secretarias especiais da pasta, sob a coordenação do secretário-executivo, Marcelo Guaranys. O colegiado monitora as áreas fiscal, orçamentária, crédito, gestão pública, questões tributárias, setor produtivo, relação federativa, trabalho e previdência.

"A gente tem grandes preocupações com cadeias produtivas, verificar o que está sendo desabastecido, o que precisa de auxílio, por exemplo, com produtos hospitalares, se precisa de alguma facilidade para desembaraço aduaneiro, se precisa de alguma redução de tarifa de exportação, que medida precisa ser adotada a cada momento necessário. Estamos acompanhando, obviamente, os indicadores da economia e a necessidade de remanejamento de orçamento", afirmou Marcelo Guaranys, ao comentar sobre como o grupo deve atuar. 
 
Juros do consignado

O grupo de monitoramento também anunciou que vai propor ao Conselho Nacional da Previdência Social a redução do teto dos juros dos empréstimos consignado em favor dos beneficiários do INSS, bem como a ampliação do prazo máximo das operações.
"Também proporemos, ao Congresso Nacional, via medida legislativa, a ampliação da margem consignável. Existe a margem consignável que é aquela parcela que a pessoa pode comprometer do seu orçamento, do seu salário, do seu benefício [no pagamento do empréstimo]", explicou o secretário especial da Previdência e Trabalho, Bruno Bianco. Atualmente, essa margem está em 30%, mas o governo ainda não definiu qual aumento vai sugerir na proposta.

O governo também estuda permitir novos saques imediatos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O saque imediato do FGTS foi iniciado em 2019 e vai até 31 de março deste ano. A medida permite o resgate de até R$ 998 por quem tem conta no fundo. "Com relação ao FGTS, é sim uma medida que estamos analisando, respeitando a sustentabilidade do fundo e o dinheiro dos cotistas. Todas as medidas, por isso mesmo digo monitoramento, elas serão tomadas quando necessárias", disse o secretário especial da Fazenda, Waldery Rodrigues Junior.

Medicamentos

Outra proposta anunciada pelo grupo é a definição, em parceira com o Ministério da Saúde, da lista de produtos médicos e hospitalares importados que terão preferência tarifária para garantir o abastecimento das unidades de saúde do país. Também serão tomadas medidas para priorizar o desembaraço aduaneiro de produtos médicos-hospitalares.

No âmbito da gestão pública, o governo deve publicar uma Instrução Normativa com recomendações relacionadas ao funcionamento do serviço público federal durante esse período de avanço das infecções pelo novo coronavírus.

"Outras medidas podem ser adotadas de acordo com o andamento dos trabalhos do grupo de monitoramento e orientações do Ministério da Saúde", informou o Ministério da Economia, em nota.

Fonte: Agência Brasil

Videos reportagem