.

.

Hospital para pacientes com Covid-19 é desativado em Goiana

 O Hospital de Referência à Covid-19 – Unidade Goiana começou a funcionar no dia 20 de maio e passou pouco mais de cinco meses funcionando.O hospital foi montado na estrutura feita para a Upae construída pelo grupo FCA-Jeep como uma contrapartida ao governo de Pernambuco.

O governo afirmou, ainda, que o fechamento ocorreu devido a uma “queda permanente dos casos da Covid-19 na região”.

A secretaria informou que “já está realizando os trâmites para selecionar a organização social que irá gerir o equipamento dentro do seu perfil original, os equipamentos que foram utilizados no local e que não serão repassados para o serviço ambulatorial, segundo o governo, vão para o Hospital Belarmino Correia, em Goiana.

Segundo o governo, a ocupação dos leitos de UTI no estado está em 72%. São, ao todo, 790 vagas para os pacientes mais graves.

A secretara afirma que esse patamar “permanece estável desde o período de pico na pandemia, entre metade de maio e início de junho, Atualmente, a rede pública de saúde conta com 1.723 leitos voltados exclusivamente para pacientes confirmados ou suspeitos da Covid.

No pico da pandemia, segundo o governo, Pernambuco teve 2.088 vagas abertas pelo estado.


Nenhum comentário:

Videos reportagem