.

.

Quem não fez atualização do Caixa Tem não deixará de receber auxílio

Muitos brasileiros estão enfrentando dificuldades para fazer a atualização cadastral do Caixa Tem — aplicativo que será utilizado no pagamento do novo auxílio emergencial a partir da próxima semana. Por isso, o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, garantiu que quem não conseguiu fazer a atualização não vai deixar de receber o novo auxílio emergencial. "Quem não realizar a atualização mesmo assim pode receber. É importante realizar a atualização para reduzir potenciais problemas, mas não impede o recebimento do auxílio", afirmou Pedro Guimarães, ao apresentar o calendário de pagamentos do novo auxílio emergencial, nesta quarta-feira (31/3). "A não atualização não implica em problemas de recebimento", reforçou. A atualização cadastral do Caixa Tem foi solicitada pela Caixa Econômica ao longo do mês, com o objetivo de reduzir problemas como fraudes nas contas sociais digitais do aplicativo. O processo começou no último dia 14 e segue até esta quarta-feira, de acordo com o mês de nascimento do trabalhador. Porém, muitos trabalhadores têm dito que não conseguiram concluir o procedimento no dia recomendado pela Caixa. Pedro Guimarães não explicou o que provocou esse problema, mas reconheceu a falha e disse que a atualização cadastral será retomada em maio.
"Completamos hoje o primeiro ciclo de atualização cadastral do Caixa Tem, mas é um serviço que vai retomar em maio", afirmou o presidente da Caixa. Ele disse que a atualização não será realizada em abril porque, no próximo mês, a Caixa estará focada inteiramente no início dos pagamentos do auxílio emergencial, para poder resolver eventuais problemas nos depósitos. De acordo com o calendário de pagamentos divulgado nesta quarta-feira pelo governo federal, o novo auxílio emergencial começará a ser pago na próxima terça (6/4) a cerca de 40,4 milhões de brasileiros. Os pagamentos serão realizados primeiro no Caixa Tem e só poderão ser sacados depois de algumas semanas. Guimarães explicou que a estratégia visa evitar aglomerações nas agências da Caixa e garantiu que a maior parte do público do auxílio emergencial já está habituada a fazer compras e pagar contas pelo Caixa Tem, já que o aplicativo também foi utilizado no ano passado no auxílio emergencial. Fonte:https://www.diariodepernambuco.com.br/

Nenhum comentário:

Videos reportagem