.

.

Pernambuco tem quase 30 mil casos ativos da Covid-19; veja os municípios com mais residentes doentes

 

Foto: Chico Bezerra/PJG

Dos 273.278 casos da Covid-19 oficialmente confirmados e notificados pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) desde março de 2020 em Pernambuco, quase 30 mil (29.228 pessoas) são pacientes ativos, ou seja, com a doença em curso no momento. 

O movimento dessa vez é um pouco diferente do que aconteceu no ano passado, quando a Região Metropolitana do Recife (RMR) foi mais afetada em um primeiro momento e o vírus se espalhou gradativamente seguindo fluxo da BR-232, atingindo o Agreste e, por fim, o Sertão. Agora é possível ver que todas as regiões têm registro da presença do novo coronavírus de forma homogênea. 

O município com maior número de residentes infectados atualmente é Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife, com mais de três mil pessoas (3.063) segundo dados do Instituto para Redução dos Riscos e Desastres de Pernambuco (IRRD). Na RMR, também aparecem pressionados Paulista (1.596), Olinda (1.206), Camaragibe (817), Recife (791) e São Lourenço da Mata (450). 

Goiana (485) e Igarassu (427) são os mais comprometidos para o lado da Zona da Mata e Litoral Norte, enquanto o Cabo de Santo Agostinho (673) tem a pior situação do lado Sul.  No Agreste, Caruaru é o município que responde pelo maior número de doentes atualmente, com 1.641 casos ativos. Há ainda Garanhuns (554) e Santa Cruz do Capibaribe (460). 

Já Tabira, no Sertão do Pajeú, tem mantido uma média de 600 casos ativos há mais de um mês. Os vizinhos Afogados da Ingazeira (479) e Santa Terezinha (332) também chamam atenção, visto que são municípios de populações pequenas. No Sertão, o município mais comprometido no momento é Salgueiro, com 1.492 doentes, seguido de Petrolina (852). Já Araripina tem 416 casos ativos.

Essa distribuição reforça o alerta que vem sendo feito pela SES-PE, de que o vírus circula em todo o território pernambucano e que, por isso, é necessário manter a atenção aos protocolos de distanciamento social, uso correto da máscara e higiene frequente das mãos. 

Fonte: Folha de Pernambuco


Nenhum comentário:

Videos reportagem