.

.

Chuva forte causa alagamentos e transtornos no Grande Recife

 

Trânsito ficou complicado. Alerta da Agência Pernambucana de Águas e Clima para chuva moderada a forte em diferentes regiões do estado vale até a noite desta sexta-feira (26).


Foto: TV Globo

A chuva forte que começou a cair na madrugada desta sexta-feira (26) 

causou alagamentos e transtornos em diferentes pontos da Região Metropolitana do 

Recife  O trânsito ficou complicado em Olinda e Recife, com vias principais das 

duas cidades tomadas pela água.

A Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) já havia alertado, na noite 

da quinta (25), para a possibilidade de precipitação de moderada a forte nessa e 

outras três regiões do estado.

A Avenida Antônio Góes e o Largo do Cabanga, caminho de quem segue da Zona Sul 

do Recife em direção à região central da capital, tinham diversos pontos de alagamento.

 Na Avenida Agamenon Magalhães, uma das principais do Recife, os carros passavam


 com dificuldade.


O marinheiro Robson Ferreira Silva, de 41 anos, contou que viu pontos alagados em 

todo o trajeto pela Avenida Mascarenhas de Morais, na Zona Sul da capital pernambucana. 

Ele seguia em direção ao Porto do Recife e contou que conseguiu chegar ao destino.


"Desde que saí de casa, o trânsito estava ruim e ainda era cedo, início da manhã. A Avenida 

Sul está ficando complicada pelo volume de água", relatou o marinheiro.


Na Avenida Cruz Cabugá, na região central do Recife, algumas pessoas andaram dentro 

da água, que chegava na altura do joelho.

Foto: Marina Meireles/G1

No início da manhã, a Rua do Esperanto, na Ilha do Leite, na região central do Recife, estava 

alagada e com grande volume de lixo boiando. "Nem uma ambulância poderia passar 

com as ruas todas alagadas. Muitos raios e trovões também", relatou Isabela Moura.

Na Zona Norte da capital, os alagamentos em diferentes pontos da Avenida Norte 

complicaram a vida de quem seguia em direção ao Centro. Na altura do bairro da

 Encruzilhada, local onde a prefeitura fez obras para diminuir os transtornos em dia de 

chuva, houve retenção de água.

No bairro das Graças, também houve registro de alagamentos em algumas vias. 

Próximo ao Túnel da Abolição, carros precisaram ser empurrados em ruas transversais

 tomadas pela água.

A Defesa Civil do Recife disponibilizou o telefone 0800 081 3400 para moradores que estiverem 

em locais de risco. A orientação do órgão é que essas pessoas saiam desses locais, procurem

 abrigos seguros e contatem a defesa civil. A ligação é gratuita.

Por meio de nota, a Defesa Civil do Recife informou que nas últimas 12 horas não recebeu

 nenhum chamado de destaque, "sendo apenas pedidos de colocação de lona e vistorias".

 Segundo o órgão, nenhum deslizamento foi registrado e nenhuma família precisou 

ser socorrida.


Fonte: G1 PE


Nenhum comentário:

Videos reportagem