.

.

Material escolar está mais barato, aponta pesquisa feita no Recife e em Olinda

 O Procon Pernambuco realizou uma pesquisa sobre os preços dos materiais escolares mais comuns nas listas do estado. Diferentemente do que acontecia nos anos anteriores, a maior parte dos produtos manteve os valores ou apresentou redução nos preços.

A pesquisa foi realizada no Recife e em Olinda na última semana de dezembro de 2020. Os resultados foram comparados com o mesmo período do ano anterior. Dos 31 produtos pesquisados, 12 tiveram queda no preço; 11 registraram manutenção dos valores e nove apresentaram aumento.

Os itens que mais tiveram queda de preço, segundo o órgão estadual, foram caneta esferográfica, passou de R$ 6,50 para R$ 3,20 (redução de 50,77%); caixa de lápis de cor ecológica, com 12 unidades, de R$ 19,99 foi para R$ 11,59 (queda de 42,02%), e apontador de lápis de metal, que saiu de R$ 1,90 para R$ 1,25 (diminuição de 34,21%).

Os resultados mostram que, mesmo com a queda de valor na maioria dos itens em relação à pesquisa do ano anterior, é fundamental pesquisar antes de comprar, pois há diferenças significativas de preço entre os estabelecimentos visitados pelo Procon-PE.

O apontador de lápis com depósito, por exemplo, foi o produto que apresentou a maior divergência de uma loja para a outra. O mesmo produto pode ser encontrado por R$ 1 e por R$ 4,80, uma diferença de 380%. Outro item que mostrou uma grande diferença foi a mochila escolar com personagens da Disney. A mochila pode ser encontrada por R$ 42 e também por R$ 119,90, uma diferença de 185,48%.

Fonte:https://www.diariodepernambuco.com.br/

Nenhum comentário:

Videos reportagem