.

.

Vestibular do IFPE tem prazo de inscrição prorrogado até o dia 21 de novembro

O prazo de inscrição para o Vestibular 2020 do Instituto Federal de Pernambuco (IFPE) foi prorrogado até o dia 21 de novembro. Ao todo, são 4.715 vagas em 61 cursos técnicos, superiores e de Educação de Jovens e Adultos (Proeja). O cronograma inicial previa o cadastramento até o dia 13 deste mês.


Com a mudança do cronograma, o pagamento da taxa de inscrição deve ser feito até o dia 22 deste mês. Os valores são: $ 30 (cursos técnicos) e R$ 55 (cursos superiores). O cadastramento é realizado pela internet.

Para se cadastrar, o candidato precisa preencher o formulário online e emitir a Guia de Recolhimento da União (GRU). O pagamento só pode ser feito no Banco do Brasil.

O IFPE oferece 19 cursos superiores. Os candidatos também podem optar por 14 cursos técnicos integrados, voltados para a formação profissional aliada ao Ensino Médio regular. Há, ainda, 26 cursos técnicos subsequentes, para formação técnica para quem já concluiu o Ensino Médio.

Os candidatos podem escolher dois cursos de nível médio integrado, por meio do Programa de Educação de Jovens e Adultos (Proeja), destinados aos candidatos com mais de 18 anos que não concluíram o Ensino Médio.

Provas

As provas ocorrerão no dia 15 de dezembro. Candidatos aos cursos técnicos farão 30 questões de múltipla escolha. Para os cursos superiores, estão previstas uma prova com 50 questões de múltipla escolha, além de redação.

Os exames começarão às 9h e terão duração de três horas, para os cursos técnicos, e de quatro horas para os superiores. A divulgação do listão dos aprovados está prevista para o dia 9 de janeiro de 2020.

As pessoas com deficiências física, intelectual ou sensorial podem solicitar a realização da prova em condições especiais. Também poderão pedir atendimento específico os candidatos que se encontrarem doentes ou impossibilitados de comparecer ao local de prova, além das mães que estão amamentando.

Para requerer a prova com atendimento especializado ou específico, é preciso confirmar a opção durante o procedimento de inscrição no site e enviar à Comissão do Vestibular os documentos comprobatórios exigidos no edital. O prazo de solicitação também foi prorrogado até o dia 21 de novembro.

O candidato que quer ser reconhecido socialmente de acordo com sua identidade de gênero poderá requerer o atendimento pelo nome social durante o período de inscrição. Para isso, ele deve indicar a opção no site e enviar a documentação exigida no edital via upload no sistema de inscrição.

Novidades

Este ano, o instituto oferece seis novos cursos superiores: gastronomia e engenharia ambiental e sanitária, no campus do Cabo de Santo Agostinho, engenharia civil, em Afogados da Ingazeira, e tecnologia em análise e desenvolvimento de sistemas, em Jaboatão dos Guararapes.

Também é novidade o curso de administração e sistemas para internet, em Igarassu. Em Ipojuca, o IFPE oferece cursos técnicos na modalidade integrado ao ensino médio.
Há opções em mecânica e em segurança do trabalho. Em Palmares, o instituto oferece o curso técnico subsequente de informática para internet.

Cotas

Ao todo, 60% das vagas oferecidas estão no sistema de cotas. Ela são direcionadas a candidatos que estudaram na rede pública de ensino.

Essas vagas são subdivididas e contemplam quem tem renda familiar per capita de até 1,5 salário mínimo quem tem renda superior a essa faixa. Há, ainda, subcotas para pessoas que se autodeclararem pretas, pardas ou indígenas com algum tipo de deficiência.

Outro diferencial do vestibular do IFPE é que, nos cursos de vocação agrícola, 25% das vagas de ampla concorrência são reservadas para moradores da zona rural ou filhos de agricultores.

Fonte: G1PE

Nenhum comentário:

Videos reportagem