.

.

Funcionários do Hospital Ermírio Coutinho paralisam as atividades por tempo indeterminado.

Por volta das 11h, da manhã desta quarta-feira (2), um grupo de funcionários do Hospital Regional Ermírio Coutinho – Maria Lucinda, em Nazaré da Mata, na Mata Norte do Estado, anunciaram uma paralisação por tempo indeterminado, em virtude do atraso do salário da primeira quinzena do mês de janeiro e da segunda quinzena de fevereiro.  Além da dívida do repasse do Governo do Estado que está estimado em R$ 2 milhões. 


De acordo com o diretor da unidade hospitalar, Francisco Madeiros, aproximadamente 300 funcionários têm contrato terceirizado com o hospital, e que o recurso para administrar o hospital está escasso. E com isso, está limitado o trabalho de urgência, emergência e neonatal. 

Dr. Francisco Madeiros
Segundo o diretor, diante da paralisação, trezentos atendimentos estão suspensos por tempo indeterminado. 


A dona de casa, Ana Paula, do Engenho Lagoa Dantas, procurou atendimento, agora à tarde no Hospital Ermírio Coutinho, para filha Viviane Maria, de 3 anos, que apresentava em estado febril, mas foi mandada de volta para casa por causa da paralisação.


.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Videos reportagem