.

.

Dia Mundial sem Tabaco


A Organização Mundial de Saúde (OMS) reconhece o tabagismo como doença e o considera a principal causa de morte evitável do mundo. 

O Brasil é signatário da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco, tratado internacional da O. M.S em que os países se comprometem com a adoção de medidas nas áreas de propaganda, patrocínio, advertências sanitárias, tratamento médico, comércio ilegal, preços e impostos sobre cigarros com o objetivo de reduzir o tabagismo. 

Mesmo com todas as campanhas e ações  contra o tabagismo , estima-se que 700 milhões de crianças no mundo sofram com o hábito de fumar  dos  país.

De acordo com a coordenadora da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), Regional Pernambuco, Fátima Buarque, as crianças são as maiores vítimas do fumo passivo. 

As crianças inalam as substâncias tóxicas expelidas pela fumaça do cigarro e não pela nicotina. Além das complicações de saúde, a cardiologista destaca que o cigarro afeta psicologicamente  as crianças.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Videos reportagem