.

.

15 Anos do Maracatu Feminino Coração Nazareno

O Maracatu Feminino de Baque Solto Coração Nazareno símbolo força e resistência das mulheres nazarenas que ousaram romper barreiras e conquistar espaço na Cultura Popular. Fundado pela Associação das Mulheres de Nazaré da Mata- AMUNAM no dia 8 de março de 2004, teve como idealizadora Eliane Rodrigues. O brinquedo surgiu na perspectiva de inserir mulheres no contexto do Maracatu Rural, que era predominantemente um espaço masculino.


Único no mundo composto exclusivamente por mulheres o Coração Nazareno quebrou tabus ao provar que lugar de Mulher é onde ela quiser! Mulheres fortes, sensíveis, guerreiras e que tem paixão em poder brincar em um personagem do Maracatu Rural da sua escolha. Ser cabocla, ser musicista, ser banderista, ser Dama de Passo, Ser arreimá e ser tudo que quiser ser.


Este será 15º ano consecutivo, em que o grupo realiza a abertura do tradicional Encontro de Maracatus em Nazaré da Mata, Capital Estadual do Maracatu.  Inicialmente, o Coração Nazareno se concentra na Praça Escrava Ana Rosa, bairro do Juá, e de lá, segue em cortejo até a Praça João XXIII, centro de Nazaré da Mata, onde realiza uma apresentação no palco montado em frente à Igreja de Nossa Senhora da Conceição.

O grupo busca valorizar os direitos das mulheres e o protagonismo feminino na cultura. Em seus versos a mestra, busca abordar assuntos como direitos da mulher, enfrentamento da violência de gênero e o assédio sexual contra mulheres, além de outros temas sociais, meio ambientes, saúde, cultura.

São 15 anos de histórias emocionantes que são contadas em cada lugar que passa esta nação guerreira. Com todo brilho, leveza e evolução das caboclas o lema para o Carnaval 2019 é “Eu quero respeito, amor e paz, sua violência deixe pra trás”, ao som do terno feminino e da poesia da Mestra Cristiane Mota.

 15 anos de Coração Nazareno - Durante o ano será realizada uma série de atividades na Associação das Mulheres de Nazaré da Mata- AMUNAM, em comemoração ao aniversário do Coração Nazareno. Dentre as atividades que serão executadas estão: o Seminário “Mulheres Fortalecendo Raízes da Cultura Popular”, curso de corte e costura artesanato, oficinas temáticas sobre gênero e empreendedorismo, confecção de indumentárias e programas especiais na Rádio Comunitária Alternativa FM.


Nenhum comentário:

Videos reportagem